Sim, é verdade!

 

Depois da virose que teve na boca (cheia de aftas) e de andar a dizer " o Ioio não pode papar" (comida normal, claro) porque "elado" queria ele a toda a hora...

 

Claro que não fomos na cantiga e houve um dia que se recusou a comer seja o que for, até a sopa que estava quase fria para não lhe irritar a boca. Mas gelado pedia, pois claro. Dissemos-lhe que não, ou por outra, que só teria direito a comer gelado se almoçasse em condições primeiro.

 

Resultado... Birra atrás de birra. Chegou a ir para o quarto deitar-se na cama e dormir só para não ter de almoçar. Quando acordou voltou a pedir gelado. Resposta: - só se comeres a sopa toda.

 

Espereneou mas comeu. Cumprimos a promessa e comeu o dito gelado (igual ao da imagem, é o seu preferido).

 

Andou dois dias a comer muito bem e nem falou em gelados, mas coitadito, aquilo deve andar a marterizá-lo na cabecita.

 

Ontem acordou aos berros a pedir "ELADO", nem queriamos acreditar, pensámos que fosse outra coisa qualquer, mas não, queria gelado...

 

Claro que não o comeu. Mas prometi-lhe que se comesse tudo (sopa e segundo prato) lhe daria o gelado.

 

Fomos a Leiria e durante o caminho todo não se calou com aquilo. Pois é, mas só teve direito a ele depois de cumprir a promessa. E sendo assim:

 

- Sai um gelado de morango para o piriko!

 

 

P.S. - Agora não há mais gelados até ao fim-de-semana. O que é demais é demais!

tags:
publicado por pirikos às 15:24