Pirikos

pesquisar

 
Domingo, 26 / 02 / 12

Da Consulta do Afonso

Felizmente está tudo bem.

 

O líquido no coração foi mesmo derivado das febres prolongadas.

Volta daqui a 1 ano só para tirarmos os macaquinhos do sótão...

 

Ufaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!

publicado por pirikos às 18:53
Domingo, 29 / 01 / 12

Entre febres, aulas e bolos...

Estas semanas têm sido muito, muito complicadas.

 

O Afonso, após uma semana sem febre, voltou aos 39ºC e mais! Geme, chora e não dorme 1 hora seguida! Estamos de rastos.

 

A par desta situação há que gerir a profissão (para além do tempo letivo existe a tarefa que mais tempo ocupa - a preparação das aulas) e uma ou outra encomenda de bolos (esta semana foram 3, foi de loucos).

 

Aqui fica um "cheirinho" relativo aos bolos:

 

Os restantes podem ir espreitando nos Pirikos na Cozinha, que vão sendo colocados ao longo da semana.
Uma boa semana para todos!
publicado por pirikos às 12:00
Sábado, 14 / 01 / 12

As maleitas do Afonso

Tem estado doente desde a passagem de ano e já lá vão praticamente 15 dias de febres consecutivas em que os picos chegam a atingir os 40,2ºC.

 

Primeiro foi-lhe diagnosticado uma faringite a evoluir para amigdalite, veio do centro de saúde a antibiótico (clamoxil) e a Brufen (ib-u-ron supositórios de ibuprofeno, finalmente) e a Ben-u-ron.

 

No último dia de antibiótico continuava com febre, tinha uma expectoração forte e devido a isso vomitava tudo quanto punha na boca. Lá fomos nós para as urgências... Diagnóstico: Bronquiolite e princípio de gastroenterite. Mais uma vez Brufen e Ben-u-ron para controlar a febre.

 

No dia seguinte a febre continuava altíssima, a fazer picos de duas em duas horas, pelo que resolvemos dar mais uma volta até ao hospital.

 

Fizeram análises ao sangue,  urina e raio-x, tudo negativo (felizmente) - Diagnóstico: virose. Mais uma vez Brufen e Ben-u-ron para controlar a febre.

 

Passados 3 dias fomos à consulta de agudos para re-avaliar a situação uma vez que continuava com febre alta... Brufen e Ben-u-ron para controlar a febre!

 

Ontem cansei-me desta situação e fui com ele ao Pediátrico a Coimbra.

 

Voltou a fazer todos os exames e uma ecografia ao coração. Os exames vieram todos com resultados negativos, o que confirma o diagnóstico de virose.

 

A ecografia acusou algum líquido a mais à volta do coração (o coração em si está normal, a trabalhar perfeito) que o mais provável é ser devido à expectoração associada à febre prolongada, mas que em todo o caso deverá ser reavaliado (voltamos lá dentro de 1 mês).

 

Saímos do hospital já passavam das 3 da matina com ... quem adivinha?

 

Brufen e Ben-u-ron para controlar a febre!!!

 

Nota: nesta história toda recusa-se a comer e já perdeu mais um pouco dos seus "muitos" kg - está com 8,9 kg, ou seja agora nem ao percentil 5 chega!

publicado por pirikos às 11:59
Quarta-feira, 14 / 12 / 11

Há semanas que não deveriam existir

E estas (e as duas anteriores) é uma delas, ora vejamos:

  • estou com uma brutal amigdalite que não consigo falar, engolir, nada...;
  • o Afonso continua a acordar 24537 vezes por noite e berra de tal maneira que acorda o prédio inteiro;
  • Cheira-me que o Afonso está a ficar doente, tem febres baixitas, mas estando eu assim e na creche já foi um para casa com varicela...;
  • O Diogo (ai ai, esta é a parte que me custa mais) não quer comer, literalmente. Já tentámos de tudo com recompensas, com castigos, a bem a mal, eu sei lá. Inventa tudo para não comer (doi-lhe a barriga, o joelho, provoca vómitos, está barulho e as coisas mais descabidas). Na escola também anda a fazer a mesma fita e ao que tudo indica é do foro psicológico, isto é, viaja "na maionese", inventa histórias só para não comer. Claro que há sempre quem diga - deixa-o ter fome que ele come. Sabem quantas vezes isto já aconteceu? O Diogo é do tipo de miudo que se não o lembrármos ele pura e simplesmente não come (nunca me hei-de esquecer do Agosto do seu primeiro anito em que a única coisa que comia era a papa do lanche, e o leite de manhã e à noite, e agora nem isso).
Posto isto, e uma vez que fui obrigada a ficar de molho em casa (com um carradão de testes, miseráveis, e autoavaliações para fazer) vou ali dar duas cabeçadas e já venho. Ah, e já estou a ficar elegante à força, ando há 3 dias sem conseguir comer nada, até para beber água me contorço toda. Está bonito!
publicado por pirikos às 14:51
Quarta-feira, 21 / 09 / 11

Em casa "de molho"

Passados nem 30 min de ter escrito o post anterior o Afonso começou a vomitar, resultado:

 

umas boas horas no hospital;

ficar em casa até recuperar;

hidratá-lo;

oferecer-lhe comida em muiiiiiiiiiiito pouca quantidade e faseada;

deixá-lo dormir o que ele quiser (assim ele queira :S)

 

Assim sendo, aguardemos (sempre com o coração apertadinho) que os malditos "bicharocos" de vão embora.

publicado por pirikos às 09:47
Terça-feira, 20 / 09 / 11

Virose

 

Hoje ao chegar à creche a 1ª coisa que nos dizem é que anda lá uma virose e que uma data de meninos estão com diarreia e a vomitar...

 

 

Neste momento o Afonso está a dormir uma sestinha e nós...

 

... Já estamos a pôr as barbas de molho!

 

 

Raios partam os "Infectários".

publicado por pirikos às 18:15
Terça-feira, 12 / 07 / 11

A Febre do Afonso

É derivada de uma virose.

Tem a garganta muito inflamada e com aftas... pelo menos sabemos do que se trata, agora é esperar que passe.

publicado por pirikos às 14:18
Sábado, 09 / 07 / 11

Outra vez com febre...

O Afonso está com 38,7ºC e eu já estou com o coração apertado. Grrrrrrrrrrrrrrr.

publicado por pirikos às 18:50
Sábado, 25 / 06 / 11

O Afonso - parte I

O Afonso está bem, já passou o susto...

 

... E que susto:

 

No Domingo à tarde (12 de Junho) começou a fazer febres altas e começámos a medicar com Benuron. O antipirético pouco ou nada fazia, a febre não baixava e começámos a ficar algo preocupados. Decidimos ir ao hospital, só para despiste.

 

No hospital verificou-se que tinha febre, mas a auscultação estava normal e a saturação também. Mandaram-nos vigiar e alternar Benuron com Brufen. Assim o fizemos, mas a febre não deu tréguas a noite inteira e sempre a fazer picos de 2 em 2 horas.

 

Segunda-feira fui trabalhar e o L. ficou com o Afonso da parte da manhã. Telefonou-me preocupado a perguntar o que a médica tinha dito como sinais de alerta. O Afonso tinha tido um deles: Febre alta acompanhada de tremores. Esteve assim uns minutos e acalmou. Uma vez que, por coincidência tinhamos consulta na pediatria do hospital da parte da tarde, aguardámos até lá.

 

Já na pediatria, enquanto esperávamos pela consulta, começo a senti-lo muito quente. Pedi à enfermeira que lhe medisse a temperatura, ao que o termómetro respondeu com 38,5ºC. Foi-lhe dado Benuron. Passados 15min começo a achá-lo a "ferver" e sem reacção, peço novamente à enfermeira para lhe medir a temperatura e dou-me com 40,2ºC. Passei-me, começaram as lágrimas a rolar pela cara abaixo porque ele estava completamente apagadinho sem reacção. A enfermeira voltou a dar-lhe Benuron e entretanto fomos chamados para a consulta.

publicado por pirikos às 13:01
Segunda-feira, 20 / 06 / 11

A ausência

Temos estado ausentes porque o Afonso esteve internado...

 

Felizmente já teve alta e já estamos em casa, depois relato os factos, agora precisamos de respirar fundo. UFA!!!

publicado por pirikos às 11:57
Map
Um blog sobre a aventura da gravidez e da maternidade!

O Diogo em Imagens

Abril 2012

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

mais comentados

mais sobre mim

subscrever feeds

Uma família de Pirikos...